Review – Mad Max e a polêmica sobre feminismo

Olá pessoas, e como alguns de vocês já sabem, a alguns dias assistimos Mad Max: Estrada da Fúria e durante todo esse tempo pensamos sobre o que escrever, já que o filme tem se tornado extremamente polêmico, por tristes motivos. O post pode não conter spoiler fortes, porém algumas descrições de personagens serão feitas.

MadMax

Contextualizando, Mad Max é o quarto filme da franquia que começou em 1979 e tinha como protagonista Mel Gibson. Mas neste novo filme, Tom Hardy toma o papel de Max para si, e diferente dos outros filmes, nessa versão de 2015 Mad Max não é o personagem principal que todos esperam.

A estória começa com Max ao ser capturado por Immortan Joe, no meio de uma guerra mortal, iniciada pela Imperatriz Furiosa (Charlize Theron) na tentativa se salvar um grupo de garotas. Também tentando fugir, Max aceita ajudar Furiosa em sua luta contra Joe e se vê dividido entre mais uma vez seguir sozinho seu caminho ou ficar com o grupo.

Pois bem, desde o começo temos a história de Max, porém quando a estória se volta para a rebelião provocada pela Imperatriz Furiosa e toda a ação orquestrada por ela, Mad Max passa a ser um personagem secundário, onde apenas as suas habilidades são úteis para um propósito maior. Quando descobrimos quem eram e, principalmente, o que as garotas representavam é que o filme toma um outro rumo. A luta pela sobrevivência e libertação é o que rege as cenas de ação, diferentemente dos outros filmes que traziam mais um cenário McGyver de Mad Max, sendo um guerreiro salvador solitário.

E aí é que entra a parte mais polêmica… O Max de Tom Hardy não é razão de tudo acontecer, a Imperatriz Furiosa é a dona da cena, das estratégias e da glória, quando tudo acaba. Max, é o coadjuvante no salvamento de um grupo de mulheres (e de uma nação). Particularmente, nós do Beco Geek gostamos muito do filme e de como o tema foi conduzido. A elaboração dos personagens, suas características e, principalmente, a Furiosa de Charlize Theron mostra uma nova força para os filmes.

MazMax_Furiosa

O que claro, deixou muito marmanjo descontente, como por exemplo um grupo de “ativistas pelos direitos dos homens” que fizeram uma declaração sobre o perigo que os homens correm com essa luta pelas mulheres rumo a igualdade. Eles reclamaram que foram enganados, pois foram assistir a um filme cheio de testosterona e encontraram a presença de Furiosa e “ficaram com receio de os homens perderem a liderança isolada”.

Perante esses pontos, nós do Beco queremos ressaltar que esse tipo de posicionamento é extremamente danoso para todos. Infelizmente ainda tem gente que possui essa visão preconceituosa e que prejudica muito a igualdade entre as pessoas, gerando cada vez mais violência e raiva na sociedade. Nós do Beco Geek não admitimos esse tipo de comportamento, e como gostamos de falar, prezamos pela igualdade, pois aqui é lugar para todos que querem divulgar a cultura nerd / geek de forma saudável e sem ofensas

Gostaríamos de saber qual a opinião de vocês sobre o filme e sobre essa polêmica que está nas redes.

E para não perder nada… Siga nossas redes sociais!
1430284381_twitter-64 1430284485_facebook-64 1430284600_pinterest-64 1430284516_instagram2-64

Wanda

Wanda